Blog

Conheça os tipos de aquíferos do estado de São Paulo

Conheça os tipos de aquíferos do estado de São Paulo

As águas subterrâneas que são obtidas através de poços artesianos estão confinadas em aquíferos, formados há bilhões de anos durante a evolução do planeta Terra. Aqui no Brasil, elas desempenham um papel importante no abastecimento público e privado, suprindo necessidades em diversos setores, como sistemas autônomos residenciais, indústrias, serviços, agricultura, pecuária e lazer.

💡 Os aquíferos são reservatórios subterrâneos de água recarregáveis, caracterizados por camadas ou formações geológicas permeáveis. São capazes de armazenar e transmitir água em quantidades que possam ser aproveitadas como fonte de abastecimento, além de serem menos vulneráveis à contaminação do que as águas superficiais. 

No estado de São Paulo, os aquíferos estão reunidos em dois grandes grupos: fraturados ou sedimentares. É importante saber que, apesar de suas diferenças, as águas encontradas em ambos os aquíferos do estado têm, de forma geral, boa qualidade e atendem aos padrões de potabilidade, sendo adequadas ao consumo humano. 

Conheça as principais diferenças entre eles:

💦 Os aquíferos fraturados são aqueles em as rochas cristalinas possuem fraturas abertas que acumulam água. Essas fraturas são resultado de uma deformação sofrida pela rocha quando submetida a agentes naturais.

💦 Já nos aquíferos sedimentares, a água é armazenada nas próprias rochas, que são porosas. Ou seja, elas são formadas por grãos de areia e apresentam granulação variada (arenitos, diamictitos e conglomerados).

Aqui na Edisonda, nosso compromisso está em atender as necessidades de cada um de nossos clientes. Para tanto, unimos completa estrutura tecnológica e equipe técnica especializada a décadas de mapeamento geológico, seguindo todas as normas de fiscalização e segurança ambiental. Entre em contato conosco agora e faça seu orçamento!